As 10 melhores PRAÇAS de Porto Alegre

Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, é uma cidade conhecida por sua cultura, história e belas paisagens. Entre os diversos atrativos que a cidade oferece, as praças se destacam como espaços verdes onde os moradores e visitantes podem desfrutar de momentos de lazer, relaxamento e integração com a natureza. Neste artigo, apresentaremos as 10 melhores praças de Porto Alegre, que são verdadeiros oásis urbanos para explorar e aproveitar.

As praças de Porto Alegre são verdadeiros tesouros urbanos, proporcionando espaços verdes e tranquilos em meio ao ritmo agitado da cidade. Desde praças amplas e movimentadas, como a Praça da Encol, até praças menores e aconchegantes, como a Praça Shiga, cada uma delas possui características únicas e oferece oportunidades para atividades ao ar livre, momentos de lazer e contemplação da natureza.

Porto Alegre possui aproximadamente 700 praças, distribuídas por toda a cidade. Essas praças oferecem espaços verdes para lazer, convívio social e contato com a natureza. Cada uma delas possui características únicas, tornando-se pontos de encontro e recreação para os moradores e visitantes da cidade. Ao visitar Porto Alegre, não deixe de explorar esses espaços maravilhosos que são importantes pontos de encontro e convivência entre os moradores e visitantes da cidade.

O guia completo com os 12 parques de Porto Alegre.

1. Praça XV de Novembro

Praça XV de Novembro
Imagem: Eduardo Beleske/PMPA

A Praça XV de Novembro, uma das mais antigas e melhores praças de Porto Alegre, possui uma história rica e significativa. Inicialmente conhecida como Praça do Paraíso, foi delimitada no início do século XIX, à beira do Rio Guaíba, mas permaneceu não urbanizada por algum tempo. Ao longo dos anos, tornou-se um ponto de comércio ambulante, com quitandas e bancas de peixe.

A ocupação formal da praça ocorreu com a construção do primeiro Mercado Público de Porto Alegre em 1844. O entorno, antes caracterizado por lodaçais, passou por obras de urbanização e calçamento. Entretanto, suas condições não foram significativamente alteradas, já que nas proximidades havia ranchos para a parada de carretas.

Atualmente, a praça abriga abrigos cobertos para bondes, lanchonetes comerciais e um movimentado comércio ambulante concentrado no Camelódromo. A Praça XV de Novembro é um ponto de encontro histórico e cultural, representando um importante espaço público na cidade de Porto Alegre.

2. Praça da Matriz

Praça da Matriz Porto Alegre
Imagem: Alex Rocha/PMPA

A Praça da Matriz, também conhecida como Praça Marechal Deodoro, é um icônico espaço público e histórico localizado no Centro Histórico da cidade, e uma das melhores praças de Porto Alegre. Sua existência remonta aos primórdios da capital, sendo um local de grande importância para a região. A praça é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, ressaltando sua relevância cultural.

A Praça da Matriz desempenha um papel fundamental na história e na vida cotidiana de Porto Alegre. Sua localização privilegiada, rodeada por prédios históricos, como o Palácio Piratini e a Catedral Metropolitana, torna-a um ponto de referência na cidade. Além disso, sua importância cultural e simbólica a tornam um local de encontro e celebração para os moradores e visitantes de Porto Alegre.

3. Praça da Alfândega

Praça da Alfândega Porto Alegre
Imagem: Cristine Rochol / PMPA

A Praça da Alfândega, localizada no Centro Histórico, é um espaço público e histórico de grande importância, sendo assim uma das melhores praças de Porto Alegre. Com origens que remontam ao final do século XVIII, a praça fazia parte do núcleo inicial da cidade, sempre ligada ao lago e às atividades trazidas por ele.

O viajante Saint-Hilaire, em 1820, descreveu a praça como um local onde ocorria o mercado, com venda de laranjas, amendoim, carne seca e hortaliças, principalmente couve. Os vendedores, em sua maioria negros, comercializavam seus produtos acocorados junto às mercadorias ou possuíam barracas dispostas de forma desordenada.

A praça, tombada a nível estadual, abrange a Praça da Alfândega (antiga praça Senador Florêncio), o Largo dos Medeiros, o prédio da Antiga Alfândega (atual Secretaria da Receita Federal) e o prédio da Secretaria da Fazenda (que inclui a Antiga SDO – Secretaria de Desenvolvimento e Obras).

No início do século XX, uma faixa de 100 metros foi aterrada para a construção do cais do porto, afastando a praça do rio. Os prédios da Delegacia Fiscal, Alfândega, Correios e Telégrafos, além de hotéis, formavam um conjunto de atividades que evidenciava a importância da praça como porta de entrada da cidade.

A Praça da Alfândega continua a ser um espaço público de relevância, proporcionando aos moradores e visitantes de Porto Alegre uma atmosfera histórica e cultural. Sua localização no Centro Histórico, cercada por prédios emblemáticos, a torna um ponto de referência e um destino turístico imperdível para conhecer a história e o patrimônio da cidade.

4. Praça dos Açorianos

Praça dos Açorianos Porto Alegre
Imagem: Maria Ana Krack / PMPA

A Praça dos Açorianos, em Porto Alegre, é uma área que faz parte do aterro do Lago Guaíba. Um dos elementos mais destacados da praça é a ponte de pedra, construída entre 1842 e 1848 por escravos a mando do Conde Caxias durante o período de pacificação da província riograndense.

Originalmente, a ponte tinha a função de ligar o centro da cidade à zona sul. No entanto, com a canalização do riacho Dilúvio, a ponte perdeu sua utilidade prática, mas foi preservada sobre um espelho d’água e tombada em 1979.

No centro da praça, encontra-se o Monumento aos Açorianos, erguido em 1973 em homenagem à chegada dos 60 casais de açorianos a Porto Alegre, em 1752. A obra, criada pelo escultor Carlos Tenius, possui 17 metros de altura por 24 metros de comprimento. Feita em aço e com linhas futuristas, o monumento lembra uma caravela e é composto por corpos humanos entrelaçados. À frente da escultura, há uma figura alada que evoca Ícaro da mitologia grega e representa a Vitória.

A Praça dos Açorianos é um espaço de destaque na cidade, oferecendo aos visitantes uma experiência visualmente impactante e uma conexão com a história e a cultura de Porto Alegre. O monumento e a ponte são elementos icônicos que resgatam a memória da chegada dos açorianos, destacando a importância desse grupo na formação da cidade. Além disso, a praça proporciona um ambiente tranquilo para apreciar a paisagem do lago e desfrutar de momentos de lazer ao ar livre, o que a faz ser considerada uma das melhores praças de Porto Alegre.

5. Praça da Encol

Praça da Encol Porto Alegre
Imagem: Divulgação / Melnick Even

A Praça da Encol, oficialmente conhecida como Praça Carlos Simão Arnt, é uma das praças mais populares de Porto Alegre. Localizada na Avenida Nilópolis, no bairro Bela Vista, a praça ganhou destaque após ser adotada e totalmente remodelada pela antiga construtora Encol.

Com uma área de 26.670 metros quadrados, a Praça da Encol é um espaço onde as pessoas se reúnem para realizar atividades físicas, brincar com crianças, passear com seus cães ou simplesmente desfrutar de um chimarrão. O nome oficial da praça é uma homenagem a Carlos Simão Arnt, um dos fundadores do Grêmio Náutico União. Arnt foi o primeiro presidente do clube, que possui uma de suas sedes próxima à praça.

Além disso, a Praça Carlos Simão Arnt, ou Praça da Encol, conta com três quadras poliesportivas, uma cancha de bocha coberta, playground, vários bancos e uma pista para caminhadas e corridas. Com certeza é uma das melhores praças de Porto Alegre, sendo um espaço muito apreciado pelos moradores da região e pelos visitantes, proporcionando um espaço agradável e diversificado para atividades ao ar livre.

6. Praça Província de Shiga

Praça Província de Shiga
Imagem: Giulian Serafim / PMPA

A Praça Shiga, também conhecida como Praça Província de Shiga, é um belo espaço público localizado em Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul.

Com um formato triangular, a praça é delimitada pelas avenidas Cristóvão Colombo e Plínio Brasil Milano, e pela Rua Marechal José Inácio da Silva, situando-se nos bairros Passo d’Areia, Higienópolis e Boa Vista. Próximo à praça encontra-se a comunidade da Vila dos Industriários.

Inaugurada em outubro de 1983, a Praça Shiga foi financiada pelo governo do Japão, em comemoração ao convênio de fraternidade assinado entre o Rio Grande do Sul e a Província de Shiga, dois estados-irmãos. Uma placa em granito negro, localizada na entrada da praça, traz a inscrição em português e japonês, celebrando essa parceria.

Projetada pelo arquiteto e paisagista japonês Kunie Ito, a praça segue o estilo tradicional dos jardins japoneses. Possui um lago, uma cascata, uma ponte de pedra, um quiosque, uma fonte e esculturas. Toda a praça é cercada por uma cerca de arame, com arbustos e árvores em seu interior. No ponto mais alto, encontra-se um monumento a Buda.

A Praça Shiga conta com uma variedade de plantas, incluindo buxos, azaléias, camélias, bambus, ameixeiras, pinheiros, extremosas, cerejeiras e bordos. A presença de cercas de bambu ao longo dos caminhos de pedra evita que as pessoas pisem nos jardins, mantendo-os para apreciação.

Além de sua beleza natural, a praça também serviu como cenário para eventos culturais, como a recepção de uma missão governamental da Província de Shiga em 2010, que contou com apresentações de música e dança tradicionais japonesas.

A Praça Shiga é uma das melhores praças de Porto Alegre por ser um espaço encantador, onde os visitantes podem desfrutar da tranquilidade e beleza de um jardim japonês, proporcionando um ambiente agradável para passeios e momentos de contemplação.

7. Praça México

Praça México Porto Alegre
Imagem: Anthony Prette Hawler / Facebook.

A Praça México é um espaço público localizado na zona norte de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Situada no bairro Leopoldina, essa praça é um importante ponto de encontro e lazer para moradores e visitantes da região.

Com uma área arborizada e bem cuidada, a Praça México oferece um ambiente agradável para passeios, descanso e práticas esportivas. Possui uma estrutura que inclui bancos, áreas de convivência, playground e quadras esportivas, proporcionando opções de entretenimento para pessoas de todas as idades.

A Praça México também é conhecida por abrigar eventos culturais e atividades comunitárias ao longo do ano. Feiras, shows, apresentações artísticas e eventos esportivos são algumas das atividades que podem ser desfrutadas nesse espaço público, promovendo a integração e o convívio social entre os frequentadores.

A Praça México é uma das melhores praças de Porto Alegre e um espaço que contribui para a qualidade de vida dos moradores da zona norte de Porto Alegre, oferecendo um ambiente acolhedor e propício ao contato com a natureza. Seja para atividades recreativas, prática esportiva ou apenas para apreciar a beleza do local, essa praça é um refúgio urbano que proporciona bem-estar e diversão para a comunidade local.

8. Praça Japão

Japão melhores praças de Porto Alegre
Imagem: Wikipedia

A Praça do Japão, localizada no bairro Boa Vista em Porto Alegre, é um espaço público marcado por sua história e paisagem arborizada. Apesar do nome, a praça não possui elementos típicos da cultura japonesa, diferentemente de outras praças temáticas da cidade.

Com uma área de 6,3 mil m², a praça conta com equipamentos de recreação infantil, um espelho d’água com um mirante e duas obras de arte do escultor Xico Stockinger. Uma placa instalada em 1996 presta homenagem às vítimas dos bombardeamentos de Hiroshima e Nagasaki, ressaltando a importância da paz e compreensão entre os povos.

Ao longo dos anos, o entorno da praça passou por transformações, deixando de ser exclusivamente residencial para abrigar estabelecimentos comerciais, como cafés, restaurantes e escritórios. A presença de empresas automobilísticas orientais, como Subaru e Hyundai, também contribui para o movimento na região, especialmente nos dias úteis.

Infelizmente, a Praça do Japão enfrenta problemas de conservação, com sujeira e atos de vandalismo que comprometem a integridade dos monumentos. Essa situação demanda a atenção das autoridades e da comunidade local para preservar esse espaço histórico e de lazer.

Apesar dos desafios, a Praça do Japão continua a ser um local de encontro e convívio para os moradores e visitantes da região, oferecendo um ambiente tranquilo e arborizado para momentos de descanso, recreação e reflexão. É importante valorizar e cuidar desse patrimônio público, garantindo que continue a desempenhar seu papel na comunidade.

9. Praça Desembargador La Hire Guerra

Praça La Hire Guerra
Imagem: Wikipedia

A Praça Desembargador La Hire Guerra, situada no bairro Três Figueiras, em Porto Alegre, é um encantador espaço verde localizado na General Nestor Silva Soares. Com sua atmosfera tranquila e serena, a praça oferece uma excelente oportunidade para desfrutar da natureza, com bancos disponíveis para momentos de leitura ou contemplação sob suas belas árvores.

É um local perfeito para aqueles que desejam estar próximos à natureza, seja para uma caminhada revigorante ou para levar os filhos e animais de estimação para brincar. Se tu está em busca de um imóvel em Porto Alegre próximo a áreas arborizadas, a Praça Desembargador La Hire Guerra certamente irá conquistar seu coração.

10. Praça do DMAE

Galeria de Arte do Dmae
Galeria de Arte do Dmae

A Praça do DMAE é um espaço público localizado em Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Situada em frente à sede do Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE), a praça recebe esse nome em referência à instituição.

Com uma localização privilegiada no bairro Moinhos de Vento, a Praça do DMAE, inspirada no Palácio de Versailles, possui uma área arborizada e proporciona um ambiente agradável para momentos de descanso e lazer. É um local bastante frequentado por moradores e visitantes, oferecendo um refúgio tranquilo no meio da cidade.

Além de sua beleza natural, a praça conta com bancos, gramados e caminhos para caminhadas, tornando-a propícia para atividades ao ar livre. Também é comum encontrar pessoas aproveitando o espaço para realizar piqueniques ou desfrutar de momentos de leitura e contemplação.

A Praça do DMAE, além de ser um ponto de encontro e convívio, também possui valor histórico e cultural, estando próxima a outros pontos de interesse do centro da cidade. Sua proximidade com o DMAE reforça a importância do local como um símbolo da prestação de serviços essenciais para a população, relacionados ao abastecimento de água e tratamento de esgoto.

Em suma, a Praça do DMAE é um espaço público significativo em Porto Alegre, oferecendo um oásis verde em meio à agitação urbana. É um lugar onde as pessoas podem desfrutar da natureza, relaxar e aproveitar momentos de tranquilidade no coração da cidade.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast é redatora de web sites há cerca de 8 anos, tendo ao todo 15 anos de experiência com produção de conteúdo para a internet. Graduada em Administração de Empresas (Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre), encontrou sua verdadeira paixão na administração de websites.

Devido sua experiência com redação de conteúdo, obteve registro profissional como jornalista pelo Ministério do Trabalho (Registro Profissional: 0020361/RS).

É porto-alegrense raiz, nascida e criada na zona norte da cidade, mas muito apaixonada pela zona sul e pela orla do Guaíba. Ama a cidade e está sempre em busca de trazer mais informações que possam ajudar seus conterrâneos a curtirem mais o que Porto Alegre tem para oferecer!

Artigos: 435

Deixe um comentário

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading