Aeroporto Salgado Filho vai fechar para sempre?

Desde a noite do último dia 3, o Aeroporto Internacional Salgado Filho está fechado para pousos e decolagens, totalmente alagado devido às enchentes subsequentes. Essa interdição por tempo indeterminado levanta questões sobre o futuro do principal aeroporto gaúcho, reforçando a necessidade de uma nova estrutura para atender a Grande Porto Alegre e os Vales.

Por mais de uma década, tem sido discutida a construção do Aeroporto Internacional 20 de Setembro, projetado para ocupar uma área em Portão, quase na fronteira com Nova Santa Rita, que não foi afetada pelas enchentes recentes. Embora a proposta tenha perdido força em 2018, quando a Fraport assumiu a concessão do aeroporto de Porto Alegre, as melhorias implementadas pela empresa no Salgado Filho aumentaram sua capacidade. No entanto, a discussão sobre o futuro do terminal ressurge diante da atual situação.

Por que a preocupação com o Aeroporto Salgado Filho?

A inundação no Estado atingiu quase toda a área do aeroporto, levantando preocupações sobre a viabilidade de sua recuperação. O fechamento do terminal afeta não apenas os voos, mas também a chegada de doações ao Estado e a economia como um todo.

aeroporto_salgado-filho
Foto: Reprodução/X

O ex-piloto da Varig e coordenador do Comitê Pró-aeroporto 20 de Setembro, Nelson Riet, sugere que o Salgado Filho pode não voltar a operar tão cedo, dada a extensão do alagamento. Ele também levanta preocupações sobre a vulnerabilidade do aeroporto no futuro.

Enquanto isso, o deputado estadual Issur Koch ressalta a importância de discutir alternativas para o Salgado Filho, mencionando o futuro aeroporto de Vila Oliva em Caxias do Sul. O projeto do 20 de Setembro prevê um aeroporto com duas pistas e ampla estrutura, localizado a uma distância considerável da capital, seguindo o modelo de outros grandes aeroportos brasileiros.

Enquanto o Salgado Filho permanece fechado, a Fraport ainda não tem uma data para retomar os voos comerciais, nem na Base Aérea de Canoas, onde está sendo montada uma operação provisória. A empresa trabalha para transferir voos de Porto Alegre para a Base Aérea, mas não há previsão para conclusão dessa operação.

Enquanto isso, doações estão sendo recebidas na Base Aérea de Canoas, que também continuará sendo um ponto importante para logística de cargas. A situação permanece incerta, mas a discussão sobre o futuro dos aeroportos na região já está em andamento, com múltiplos interesses e preocupações a serem considerados.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 979

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading