Após o temporal, clientes da Vivo ainda enfrentam problemas em Porto Alegre

A falta de comunicação efetiva por parte da operadora deixa os clientes da Vivo insatisfeitos e em busca de soluções alternativas.

Duas semanas após o temporal que atingiu Porto Alegre e outras cidades gaúchas, a situação de clientes da Vivo permanece desafiadora, com problemas persistentes de conexão. Moradores, prejudicados pela interrupção dos serviços desde o dia do desastre natural, buscam alternativas como o “roteamento” dos dados do celular para o computador. Enquanto isso, a Vivo busca esclarecimentos sobre os problemas enfrentados pelos usuários.

Promessas não cumpridas aos clientes da Vivo

Cidadãos como Cesar Fantinelli, orientador educacional de Ipanema, relatam a falta de sinal de internet fixa, TV e telefone fixo desde o dia do temporal. As tentativas de contato com a operadora resultam em novos prazos de restabelecimento que, segundo os clientes, não são cumpridos. A incerteza sobre a data de resolução do problema gera desconforto, especialmente para quem depende desses serviços no cotidiano, como é o caso de quem trabalha em home office.

Diante da ausência de solução imediata, moradores como Carlos Alberto Pires, engenheiro civil, e Eugênio Panziera, aposentado, encontram-se roteando a internet do celular para o computador. No entanto, essa alternativa não é isenta de desafios, uma vez que pode acarretar custos adicionais nas contas de celular. A falta de previsibilidade e informações claras por parte da Vivo também leva alguns clientes a buscar serviços de internet alternativos.

A falta de comunicação efetiva por parte da operadora deixa os clientes da Vivo insatisfeitos e em busca de soluções alternativas. A oferta de planos mais baratos e desconto na fatura pela Vivo não é suficiente para compensar a interrupção prolongada dos serviços. Moradores, como Zenaide Abati, do bairro Rubem Berta, na zona norte, relatam a busca por outras operadoras diante da insatisfação com a Vivo.

A persistência dos problemas de conexão para os clientes da Vivo em Porto Alegre, mesmo após duas semanas do temporal, evidencia a necessidade urgente de ações eficazes por parte da operadora. A busca por alternativas, a insatisfação dos usuários e a falta de comunicação transparente destacam a importância de uma solução rápida e efetiva para restabelecer os serviços essenciais afetados pelo desastre natural. A Vivo, ao buscar um posicionamento sobre os possíveis problemas, enfrenta o desafio de reconquistar a confiança de seus clientes diante dessa situação adversa.

VIA.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 1076

Deixe um comentário

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading