Eleições não devem ser adiadas no RS, garante Voltaire de Lima Moraes

Nesta quarta-feira (22), o desembargador Voltaire de Lima Moraes tomou posse como presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS). Em uma cerimônia discreta e sem festividades, Moraes substituiu a desembargadora Vanderlei Teresinha Tremeia Kubiak. O novo presidente enfrenta desafios significativos devido à recente tragédia causada pelas enchentes no estado.

Compromisso com Eleições Transparentes

Durante seu discurso de posse, Voltaire de Lima Moraes destacou a gravidade da situação no Rio Grande do Sul, classificando-a como “uma tragédia com dimensões jamais vistas em todo o Brasil”. Ele ressaltou o caos instalado no estado, que tem exigido esforços redobrados das autoridades para mitigar os danos e organizar a recuperação.

Apesar das dificuldades, Moraes garantiu que o TRE-RS concentrará todos os esforços na realização de eleições serenas, transparentes e isonômicas. Ele descartou a possibilidade de adiamento das eleições municipais marcadas para 6 de outubro, afirmando que o cenário adverso exigirá um esforço concentrado, mas que a meta é realizar uma eleição normal. “Vai nos dar mais trabalho, mas espero que seja uma eleição normal”, afirmou durante coletiva de imprensa.

Estragos na Infraestrutura

O ex-presidente do TRE-RS, Vanderlei Teresinha Tremeia Kubiak, divulgou um balanço dos danos causados pelas enchentes na estrutura da Justiça Eleitoral. Onze imóveis foram atingidos, incluindo a sede do Tribunal em Porto Alegre. Um dos depósitos foi alagado, resultando na perda estimada de 5 mil a 8 mil urnas eletrônicas.

Voltaire de Lima Moraes afirmou que todas as 165 zonas eleitorais do estado estão sendo monitoradas para avaliação de possíveis estragos. Ele mencionou que algumas zonas foram severamente afetadas, citando especificamente os cartórios eleitorais de São Sebastião do Caí, São Jerônimo, Arroio do Meio e São Leopoldo. O novo presidente enfatizou a importância de uma rápida recuperação para garantir a normalidade das eleições.

A posse de Voltaire de Lima Moraes como presidente do TRE-RS ocorre em um momento crítico para o Rio Grande do Sul. Com um compromisso firme em garantir eleições transparentes e organizadas, apesar dos desafios impostos pelas recentes enchentes, Moraes inicia seu mandato com foco na resiliência e na recuperação. O esforço concentrado do Tribunal será essencial para superar as adversidades e assegurar que o processo eleitoral ocorra de maneira eficiente e segura.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 979

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading