Quase 3 mil pontos seguem sem energia elétrica no Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul enfrentou uma série de desafios decorrentes dos temporais ocorridos na noite de terça-feira (16/1). E isso, impactou o fornecimento crucial de água, energia elétrica e telefonia no estado. Diante dessa situação crítica, o governo estadual tomou medidas imediatas para fornecer informações transparentes à população, iniciando a divulgação oficial na sexta-feira (19/1). Abaixo, confira como está a situação neste momento.

Como funcionam os boletins diários da energia elétrica no Rio Grande do Sul

Para garantir a atualização constante, a Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura realiza três boletins diários (às 8h, 12h e 18h) sobre o estado do abastecimento de energia elétrica e água, em parceria com as concessionárias RGE Sul, CEEE Equatorial e Corsan. Além disso, informações relativas às conexões de telefonia e internet das operadoras Tim, Vivo e Claro são divulgadas duas vezes ao dia.

A intermediação ativa da Secretaria visa restabelecer os serviços o mais rapidamente possível, priorizando setores essenciais, como os de saúde. A divulgação dos boletins permanecerá em curso até que a normalidade nos serviços seja completamente restabelecida.

Atualização desta Quarta-feira (24/1) – 8h

  • CEEE Equatorial: fornecimento normalizado; 
  • RGE Sul: 1,4 mil pontos sem energia elétrica (0,05% do total de clientes); 
  • Corsan: abastecimento normalizado. 

Sobre a CEEE Equatorial

De acordo com a CEEE Equatorial, a empresa já teve o fornecimento normalizado. Entretanto, o normalizado da companhia não significa que 100% dos clientes tem energia elétrica no Rio Grande do Sul. E sim, que está dentro da margem de trabalho da CEEE.

Sendo assim, ainda há 1,4 mil clientes sem energia elétrica, assim como é o caso da RGE.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 1100

Deixe um comentário

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading