Hidrólogos da UFRGS sugerem evacuação em Porto Alegre

Em meio à crise das chuvas que assolam Porto Alegre nos últimos dias, um alerta preocupante foi emitido pelo grupo de hidrólogos do Instituto de Pesquisas Hidráulicas da UFRGS. Às 9h desta sexta-feira (3), os especialistas recomendaram que as autoridades preparem medidas de evacuação em diversos bairros da capital gaúcha, diante do “desenvolvimento de um cenário crítico nas próximas horas e dias”. No entanto, o pedido não é para evacuação imediata, mas sim para a preparação ante a possibilidade de agravamento da situação.

Alerta de risco e áreas potencialmente afetadas

O alerta considera as medições do nível do Guaíba, que indicam uma elevação rápida das águas, gerando pressão sobre o sistema de defesa da cidade. Um mapa apresentado pelo grupo destaca as áreas que podem ser alagadas, caso haja falha parcial ou total do sistema de contenção. Entre os bairros possivelmente afetados, estão Sarandi, Humaitá, Navegantes, São Geraldo, Floresta, Centro Histórico, Praia de Belas, Menino Deus, Azenha, Cristal, Ipanema, Ponta Grossa, Belém Novo e Lami.

Porém, a incerteza sobre o nível do Guaíba complica a situação. Problemas técnicos na estação de medição, sob responsabilidade do governo do Estado, deixam a cidade sem informações precisas. A última medição oficial, às 5h15min desta sexta-feira, mostrava o rio atingindo 4m31cm, superando a marca da cheia de novembro de 2023 e se tornando a segunda maior registrada, atrás apenas da enchente de 1941.

Previsão de elevação e recomendação de evacuação

Estimativas indicam que o nível do Guaíba pode chegar a 5 metros ainda nesta sexta-feira. Um comunicado emitido às 10h30min pelo grupo de hidrólogos da UFRGS prevê uma rápida elevação das águas, ultrapassando os 5,5 metros entre sexta-feira e sábado. Diante disso, recomendam medidas de preparação para evacuação imediata das regiões potencialmente afetadas, visando garantir a segurança da população diante do cenário de crise.

Confira aqui, o link do mapa de simulação da inundação de Porto Alegre: LINK.

A cidade enfrenta um desafio sem precedentes, e a mobilização rápida das autoridades e da população é crucial para enfrentar os desdobramentos dessa situação extrema.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 979

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading