Por que mudou o Sistema de Medição do Nível do Guaíba?

Desde 2014, o monitoramento do nível do Guaíba é feito pela estação Cais Mauá C6, localizada pouco ao norte do centro de Porto Alegre. No entanto, a medição do nível da água naquele local foi interrompida em 2 de maio de 2024, às 23 horas, devido à cheia do Guaíba. Por isso, no dia seguinte, 3 de maio de 2024, foi instalado um novo sistema de medição emergencial de nível do Guaíba, mais ao sul do centro de Porto Alegre, que hoje estamos chamando de estação Usina do Gasômetro.

Critérios para a Instalação da Estação Emergencial

Os três principais critérios para a instalação da estação de medição emergencial foram:

  1. Fácil acesso;
  2. Transparência;
  3. Capacidade de assimilação automatizada dos dados pelas equipes de monitoramento e previsão.

Incertezas sobre o nível do Guaíba

As incertezas associadas ao processo de medição emergencial foram devidamente informadas no mesmo local de divulgação dos níveis do Guaíba. As informações obtidas pelo sistema de medição emergencial tinham como objetivos:

  1. Permitir o acompanhamento da hidrodinâmica do Guaíba em condição de cheia, principalmente pela equipe da Sala de Situação e pelas estruturas de Defesa Civil.
  2. Permitir a calibração e simulação de modelo de previsão de nível do Guaíba.

No entanto, não foi possível deixar claro em todos os meios de divulgação do nível do Guaíba que, devido às características hidrodinâmicas, num mesmo instante de tempo, o valor de nível registrado no Cais Mauá C6 (ou no Cais Central) não é o mesmo valor de nível registrado na Usina do Gasômetro.

Medidas e Decisões

Para continuar atendendo os objetivos pré-estabelecidos, informamos que:

  1. Está sendo solicitado junto à Agência Nacional de Águas (ANA) o registro da estação de monitoramento instalada em caráter emergencial na Usina do Gasômetro.
  2. Estabelecer junto à nova estação Usina do Gasômetro uma referência de inundação compatível com os valores observados no Cais Mauá.
  3. Tomar providências para reinstalar a estação Cais Mauá C6.

A partir das informações disponíveis até este momento e considerando as incertezas envolvidas e a margem de segurança, foram estabelecidas para as referências de alerta e inundação a serem consideradas no monitoramento realizado na estação Usina do Gasômetro, respectivamente, os valores de 3,15 metros e 3,60 metros.

Esta decisão foi tomada entre as equipes do Departamento de Recursos Hídricos e Saneamento (DRHS), do Serviço Geológico Brasileiro e de pesquisadores do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da UFRGS envolvidos na previsão do nível do Guaíba.

A reinstalação da estação Cais Mauá C6 será feita tão logo existam condições técnicas para tanto.

Por fim, é possível acessar, neste link, o nível do Guaíba em tempo real.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 981

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading