Nível do Mar Pode Subir até 20 Centímetros até 2050

Dados alarmantes divulgados pela Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) revelam um aumento significativo no nível do mar, impulsionado pelas mudanças climáticas. O fenômeno natural El Niño intensificou essa elevação, apresentando um aumento de 0,76 cm entre 2022 e 2023, um valor quatro vezes maior do que o período anterior. Essa tendência preocupante tem implicações sérias para o futuro, com previsões indicando um aumento de até 20 centímetros até 2050, o que pode desencadear inundações frequentes e impactos socioeconômicos severos.

Aceleração Preocupante do Nível do Mar

A equipe da Nasa, liderada por Nadya Vinogradova Shiffer, analisou mais de 30 anos de observações por satélite iniciadas em 1992 e identificou uma aceleração preocupante no aumento do nível do mar. Se essa tendência persistir, os impactos podem ser devastadores para as comunidades costeiras em todo o mundo, exigindo medidas urgentes para mitigar as mudanças climáticas.

O El Niño, um fenômeno natural, é apontado como um dos principais responsáveis pelo aumento recente no nível do mar. O período entre 2021 e 2022 testemunhou a intensificação desse fenômeno, substituindo o La Niña. O aquecimento das águas do Pacífico equatorial resulta em temperaturas acima da média, contribuindo para o acúmulo de calor nos oceanos e a consequente expansão térmica das águas.

Monitoramento Tecnológico

A tecnologia desempenha um papel crucial no monitoramento preciso do aumento do nível do mar. Instrumentos como altímetros de radar lançam micro-ondas para medir o tempo de retorno do sinal ao satélite, complementando dados de mareógrafos e medições satelitais do vapor de água atmosférico e do campo gravitacional da Terra. Essa abordagem integrada fornece uma visão abrangente e detalhada das mudanças nos oceanos.

Com base em dados precisos e análises científicas robustas, a Nasa emite alertas tempestivos sobre o aumento do nível do mar. No entanto, enfrentar esse desafio exige ação global coordenada para mitigar as mudanças climáticas e proteger as comunidades costeiras em todo o mundo. O tempo para agir é agora, e medidas urgentes são necessárias para enfrentar essa ameaça crescente ao nosso planeta.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 979

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading