Porto Alegre Inicia Programa de Vacinação contra HPV nas Escolas

Abaixo, confira todos os detalhes sobre o programa de vacinação contra HPV nas escolas, e veja quem deve ser vacinado.

A Prefeitura de Porto Alegre dá início, nesta segunda-feira, 4 de março, ao programa de vacinação contra o HPV nas escolas públicas da cidade. O evento inaugural do “Rolê das Vacinas” ocorrerá às 9h, no Colégio Estadual Engenheiro Ildo Meneghetti, localizado na rua Eugênio Rodrigues, 4919, na Restinga. Em parceria com o Instituto de Governança e Controle do Câncer (IGCC), a ação contará com a presença do prefeito Sebastião Melo, dos secretários municipais de Saúde, Fernando Ritter, e Educação, José Paulo da Rosa, além da secretária estadual adjunta da Saúde, Ana Costa.

Tudo sobre o Programa de Vacinação contra HPV nas Escolas

O programa tem como foco principal a proteção dos adolescentes contra o vírus HPV, associado ao desenvolvimento de câncer. Esta iniciativa complementa o “Imuniza Escola”, promovido pelo Governo do Estado, fortalecendo esforços para aumentar a cobertura vacinal de crianças e adolescentes. O objetivo é sensibilizar e mobilizar escolas e equipes de saúde para garantir a vacinação.

A vacina contra o HPV é crucial na prevenção do câncer de colo de útero e é recomendada tanto para meninas quanto para meninos. A primeira dose deve ser administrada entre os 9 e 14 anos, 11 meses e 29 dias. A segunda dose, com um intervalo mínimo de seis meses da primeira, pode ser aplicada em qualquer idade. Sendo a única vacina que previne o câncer, é segura, feita com vírus inativado, e a reação mais comum é uma leve dor na área da aplicação.

De acordo com dados do “Imuniza Escola”, as taxas de vacinação contra o HPV estão abaixo do desejado: apenas 51,44% dos alunos matriculados na rede pública estadual receberam a primeira dose e 29,63% receberam a segunda dose, deixando 48,56% dos alunos sem a primeira dose da vacina.

O câncer de colo de útero é um grave problema de saúde pública, com alta incidência e mortalidade, especialmente em países em desenvolvimento. Além das ações nas escolas, a vacina está disponível em unidades de saúde ao longo do ano, garantindo acesso para todos os interessados.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 979

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading