Professores de Canoas entram em Estado de Greve

Caso as demandas não sejam atendidas, os professores de Canoas entrarão em greve. Abaixo, confira os detalhes.

Na última quarta-feira (24), durante uma assembleia geral organizada pelo Sindicato dos Profissionais em Educação de Canoas (Sinprocan), foi deliberado, por maioria dos associados, o estado de greve. Abaixo, confira os detalhes da decisão.

Decisão dos Professores de Canoas

De acordo com Simone Goulart, presidente do Sindicato, essa medida possibilita à categoria declarar greve a qualquer momento, caso suas reivindicações não sejam atendidas. Simone explica que essa decisão reflete a insatisfação dos profissionais em relação às condições da educação e do funcionalismo público do município.

Ela menciona perdas salariais, falta de profissionais, sobrecarga de trabalho e desvio de função como questões prementes. Além disso, entre as demandas apresentadas estão melhorias no plano de carreira, reformas na infraestrutura de algumas instituições e adequação dos valores de auxílio-transporte e alimentação.

Um calendário de reivindicações já foi estabelecido, com a primeira ação marcada para o feriado de 1º de maio, quando ocorrerá um ato de panfletagem no Parque Eduardo Gomes. Segundo Simone, as reivindicações são sérias e envolvem cerca de 2 mil profissionais. Ela ressalta que, caso essas demandas não sejam atendidas, os professores e professoras entrarão em greve.

Embora tenha havido abertura de diálogo com a administração, representantes do sindicato têm uma reunião agendada com o prefeito Jairo Jorge na segunda-feira (29), após uma conversa com o secretário de Educação, Aristeu Ismailow.

Por meio de sua assessoria de comunicação, a Prefeitura de Canoas informou que não irá se pronunciar sobre o assunto até a reunião entre o prefeito e os representantes do Sindicato na próxima segunda-feira.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 981

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading