Repelentes contra o Aedes aegypti: Anvisa orienta sobre uso adequado

Abaixo, veja como consultar a lista com os produtos corretos, que de fato, combatem o aedes aegypti, que tem se disseminado no Brasil.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou orientações importantes à população sobre o uso de repelentes para evitar a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Segundo a agência, apenas os produtos de aplicação na pele e os destinados ao uso no ambiente possuem eficácia comprovada.

Produtos corretos para combater o Aedes Aegypti

Para os repelentes de pele, a recomendação é aplicá-los diretamente nas áreas expostas do corpo, a menos que o rótulo do produto indique o uso direto na roupa. É importante observar as instruções contidas no produto, especialmente no que diz respeito ao uso em crianças. A Anvisa alerta que cosméticos repelentes contendo DEET não devem ser aplicados em crianças menores de dois anos, e a concentração desse ingrediente não deve ultrapassar 10% em produtos destinados a crianças de dois a 12 anos.

Os sanitizadores, que incluem inseticidas para matar o mosquito adulto ou repelentes para afastá-lo do ambiente, também precisam ser aprovados pela Anvisa. Tanto a substância ativa quanto os componentes complementares, como solubilizantes e conservantes, devem ter a autorização do órgão. A Anvisa ressalta que não há comprovação de eficácia para produtos de princípio ativo natural, como citronela, andiroba e cravo da índia. Itens como velas, odorizantes de ambientes e incensos que indicam propriedades repelentes de insetos não possuem aprovação da agência.

Consulta à Regularidade do Produto

Para verificar se um repelente está regularizado, a Anvisa disponibiliza em seu site duas listas

O registro na agência garante a eficiência do produto no combate ao mosquito da dengue, zika e chikungunya, fornecendo segurança aos consumidores.

Diante das orientações da Anvisa, é fundamental que a população utilize os repelentes de forma correta e segura, seguindo as recomendações dos fabricantes e verificando a regularidade dos produtos antes de sua utilização.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast é redatora de web sites há cerca de 8 anos, tendo ao todo 15 anos de experiência com produção de conteúdo para a internet. Graduada em Administração de Empresas (Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre), encontrou sua verdadeira paixão na administração de websites.

Devido sua experiência com redação de conteúdo, obteve registro profissional como jornalista pelo Ministério do Trabalho (Registro Profissional: 0020361/RS).

É porto-alegrense raiz, nascida e criada na zona norte da cidade, mas muito apaixonada pela zona sul e pela orla do Guaíba. Ama a cidade e está sempre em busca de trazer mais informações que possam ajudar seus conterrâneos a curtirem mais o que Porto Alegre tem para oferecer!

Artigos: 439

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading