Revitalização do Parque Harmonia é um desastre ambiental?

A revitalização do Parque da Harmonia é a nova polêmica em Porto Alegre. A discussão emergente divide a opinião pública entre aqueles que apoiam a nova cara do parque, liderada pela prefeitura e a Gam3 Parks – consórcio responsável pela gestão do parque -, e os ambientalistas que acreditam que o processo leva a uma perda inestimável do espaço verde urbano.

Os ambientalistas argumentam que a retirada de árvores e vegetação rasteira descaracteriza o parque, impacta negativamente a fauna local e contribui para a urbanização crescente de espaços verdes na cidade. Eles questionam a validade de reduzir ainda mais os espaços verdes urbanos, particularmente em um momento em que o aquecimento global e a preservação ambiental estão sendo amplamente discutidos.

Leia também: Parque Harmonia deixará de existir em 2025; veja o futuro do Maurício Sirotski Sobrinho.

Prefeitura nega problemas ambientais na revitalização do Parque Harmonia

Em resposta, a prefeitura e a Gam3 Parks defendem que a revitalização está de acordo com a legislação. No entanto, uma das críticas dos ambientalistas é a evidente redução de sombra no parque após a revitalização. Embora a prefeitura assegure que a cada árvore cortada, cinco novas serão plantadas, os ambientalistas apontam que essas são apenas mudas que levarão anos para se desenvolver adequadamente e fornecer sombra.

Uma solução proposta para mitigar o problema da falta de sombra é o transplante de espécies maiores, como foi feito com uma figueira centenária em Viamão em 2018. Este procedimento, embora mais caro, poderia demonstrar um compromisso do consórcio e da prefeitura com o bem-estar dos frequentadores do parque.

Questões não respondidas

Porém, algumas dúvidas persistem em relação ao processo de revitalização do parque. Por exemplo, por que a prefeitura autorizou a remoção de um número maior de árvores do que as previamente anunciadas? E por que as árvores saudáveis não foram simplesmente transplantadas em vez de serem cortadas? Além disso, houve um estudo adequado sobre o impacto na fauna local e que medidas foram tomadas para proteger as aves durante a época de reprodução?

Outra questão importante é se a população está de acordo com o aumento de espaços turísticos à custa do verde natural do parque. Essa discussão, no entanto, ocorre tardiamente, após a escolha de uma empresa, a assinatura de um contrato e a realização de uma proposta, e depois que a concessão já foi discutida em audiências e estudos públicos.

Em última análise, o debate sobre a revitalização do Parque da Harmonia em Porto Alegre vai além do cumprimento da legislação ambiental. Trata-se de uma discussão sobre o tipo de cidade que queremos criar e preservar para as gerações futuras. É fundamental levar em conta as preocupações ambientais e as necessidades da população ao planejar a renovação de espaços públicos, garantindo que sejam locais agradáveis e sustentáveis para todos.

Portanto, é necessário um maior compromisso e transparência por parte das autoridades e das empresas envolvidas na revitalização para assegurar que os interesses da população e do meio ambiente sejam devidamente atendidos.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast é redatora de web sites há cerca de 8 anos, tendo ao todo 15 anos de experiência com produção de conteúdo para a internet. Graduada em Administração de Empresas (Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre), encontrou sua verdadeira paixão na administração de websites.

Devido sua experiência com redação de conteúdo, obteve registro profissional como jornalista pelo Ministério do Trabalho (Registro Profissional: 0020361/RS).

É porto-alegrense raiz, nascida e criada na zona norte da cidade, mas muito apaixonada pela zona sul e pela orla do Guaíba. Ama a cidade e está sempre em busca de trazer mais informações que possam ajudar seus conterrâneos a curtirem mais o que Porto Alegre tem para oferecer!

Artigos: 435

Deixe um comentário

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading