Qual a previsão do tempo para junho no Rio Grande do Sul?

Previsão do Inmet indica chuvas abaixo da média e temperaturas acima da média histórica para a 1ª quinzena no Rio Grande do Sul.

O mês de junho, que marca o início do inverno, começou no último sábado (1) trazendo consigo a expectativa de um clima mais ameno e menos severo para o Rio Grande do Sul. Após um mês de maio marcado por enchentes devastadoras, a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) oferece um alívio para a população gaúcha.

De acordo com o Inmet, o mês de junho deve apresentar chuvas próximas ou abaixo da média climatológica na Região Sul do Brasil. Essa tendência poderá contribuir significativamente para a redução dos volumes de rios e lagos, que foram os principais responsáveis pelas enchentes que assolaram o estado.

Em relação às temperaturas, a primeira quinzena de junho deverá registrar valores acima da média histórica. Algumas cidades podem experimentar temperaturas próximas dos 30°C neste domingo, algo incomum para esta época do ano. No entanto, a chegada do frio mais intenso está prevista para após o dia 12, quando áreas de maior altitude poderão registrar geadas.

Primeiros Dias de Junho

O início do fim de semana foi marcado por tempo firme e temperaturas agradáveis no Rio Grande do Sul, com o sol predominando em todo o estado. No domingo (2), essa tendência deve continuar, com sol e poucas nuvens na maior parte do estado. No entanto, há a possibilidade de neblina e nevoeiro durante a madrugada e manhã em algumas regiões.

No final do domingo, espera-se a chegada de uma frente fria que poderá trazer chuvas para o Oeste, Campanha e Sul do estado. Antes disso, o ingresso de ar mais quente fará as temperaturas subirem consideravelmente. Em Porto Alegre, a máxima pode atingir 26ºC, significativamente acima da média de junho, que é de 20ºC. Em áreas dos vales e do Noroeste, os termômetros podem registrar até 27ºC ou 28ºC, valores elevados para o mês.

A entrada de junho traz consigo um cenário climático mais favorável para o Rio Grande do Sul. Com a previsão de chuvas abaixo da média e temperaturas elevadas na primeira quinzena, a esperança é de um alívio após as enchentes de maio. A população deve se preparar para um início de mês mais quente, mas estar atenta à previsão de chegada do frio intenso após o dia 12. A expectativa é que essas condições climáticas contribuam para a estabilização e recuperação das áreas afetadas pelas recentes adversidades.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 979

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading