Teresópolis Tenis Clube vai a leilão e o motivo é deprimente

Um dos clubes mais tradicionais da capital gaúcha, o Teresópolis Tenis Club vai a leilão, e o motivo é deprimente para quem já fez festa neste lugar.

Após anos de luta contra a crise financeira, o Teresópolis Tênis Clube, um dos mais tradicionais de Porto Alegre, vai a leilão no dia 19 de março. A informação, divulgada pela jornalista Giane Guerra, marca um capítulo triste na história do clube, fundado em 1944 e que encerrou suas atividades em 2020.

O leilão, com lance inicial de R$ 18 milhões, envolve a totalidade do complexo, que soma aproximadamente 17.500 metros quadrados, incluindo áreas em estado de ruína. O montante arrecadado será utilizado para quitar as dívidas do clube, estimadas em R$ 9 milhões.

Futuro o Teresópolis Tenis Clube

Embora a esperança de um novo começo persista, o futuro do Teresópolis Tênis Clube como um clube tradicional está comprometido. Segundo o administrador judicial Tiago Jaskulski Luz, do escritório CB2D, o valor remanescente do leilão será destinado pelos conselheiros à aquisição de um imóvel para manter a confraria, mas sem a estrutura de um clube.

O declínio do Teresópolis Tênis Clube começou antes da pandemia. Com a diminuição do número de sócios, o clube dependia do aluguel de espaços para eventos e aulas de esportes para se manter. Em 2021, a situação se agravou com saques e vandalismo, acelerando a deterioração das instalações.

Para muitos porto-alegrenses, o Teresópolis Tênis Clube representa mais do que um local para prática esportiva. As quadras, piscinas e salões foram palco de momentos memoráveis, de jogos acirrados a eventos sociais inesquecíveis.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast é redatora de web sites há cerca de 8 anos, tendo ao todo 15 anos de experiência com produção de conteúdo para a internet. Graduada em Administração de Empresas (Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre), encontrou sua verdadeira paixão na administração de websites.

Devido sua experiência com redação de conteúdo, obteve registro profissional como jornalista pelo Ministério do Trabalho (Registro Profissional: 0020361/RS).

É porto-alegrense raiz, nascida e criada na zona norte da cidade, mas muito apaixonada pela zona sul e pela orla do Guaíba. Ama a cidade e está sempre em busca de trazer mais informações que possam ajudar seus conterrâneos a curtirem mais o que Porto Alegre tem para oferecer!

Artigos: 439

Descubra mais sobre Curtindo Porto Alegre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading